Londres terá ponte-jardim com mil espécies de plantas nativas

A ser construída em Londres, a Garden Bridge exigirá que grupos de mais de sete pessoas solicitem permissões formais para cruzar a futura ponte, que funcionará como um jardim elevado. De acordo com o conselho distrital de Lambeth, a medida visa desencorajar que manifestantes protestem e/ou ocupem a estrutura.

Desenvolvido por Thomas Heatherwick, o projeto prevê a construção de uma ponte de 367 metros de comprimento, que abrigará cerca de mil plantas nativas, entre árvores, arbustos, espécies florais e selvagens.

Além de desencorajar a entrada de grandes grupos, o jardim-ponte também não permitirá o uso de bicicletas no local. “Ciclistas poderão empurrar as bicicletas ao longo da estrutura, mas não pedalar. Não temos a intenção de construir ciclovias, pois isso resultaria na diminuição da área plantada, minimizando os benefícios da ponto como um espaço verde”, afirma o plano distrital oficial.

Para ver viabilizado, o projeto também precisa ser aprovado pelo Conselho Municipal de Westminster. A expectativa é de que a votação final do plano de construção aconteça ainda em 2014, enquanto a inauguração da ponte está prevista para o início de 2018.

 

 

 

 

Fonte: Arcoweb

No Comments Yet.

Leave a comment